loading...
Blog
DOISÉLLES
Faço tricô e crochê. É o que posso fazer de melhor. Como uma típica mineira, fui iniciada na escola de todas as prendas, e me saí bem nessa coisa de tramar a lã no inverno e o algodão no verão – tecer, laçar, arrematar e dar um nó invisível.

          Gosto disso de pontos e nós. Formas que surgem do desenho de um fio em um par de agulhas, bem ali na minha mão. O tricô é a minha composicão no mundo, é o meu mundo, por onde transito meus pensamentos e ideias. Tudo que vejo, sinto, escuto e leio vira tricô.          

Decidi estudar moda, em parte por ter vivido toda a infância e adolescência nas fábricas têxteis de meu pai e meu avô, e em outra parte por gostar mesmo de roupa e da importância que ela tem. E tratei de fazer tudo à mão, porque era como eu sabia fazer.

Pensei a DOISELLES como uma marca só de trico e crochê, feitos em laçadas milenares mas com agulhas grossas e modelagens amplas. Nada de casaquinho da vovó com a cava no lugar e seis botões de pérolas: a nossa trama é metida a moderninha.

E digo mais: feita por homens, por presidiários. Como assim? Simples. Quantas pessoas você conhece que sabem tricotar (me dê o telefone de todas elas!)? Por ser uma coisa que mais ninguém aprende a fazer hoje em dia, eu precisava treinar pessoas para produzir comigo.

Quando abri a empresa éramos só eu e minha mãe contando com a ajuda de umas vizinhas que pegavam uma ou outra encomenda, enquanto tomavam conta dos netos. Seria impossível prosperar naquele ritmo. Eu sabia que precisaria ensinar esse ofício a um grupo de pessoas. Alguém que quisesse e precisasse aprender uma profissão.

Foi assim que fui parar num presídio de segurança máxima com minhas agulhas e tesouras. Treinei 40 homens. Eles foram tomando gosto pelo tricô, até mesmo por moda de uma maneira geral. Meus meninos, que quando eu cheguei lá mal sabiam diferenciar blusa de camisa, hoje sabem até quem é John Galliano. Eles amam, vibram, se amarram em moda!

São essas voltas da história que compõem nossa trama. E eu te convido para conhecer ao vivo, tocar e sentir.

Coleções

As coincidências formam uma corrente feita de encontros e escolhas que vão se encaixando. Esta coleção mostra, através do percurso da lã, as coincidências que formaram esta malha. Desde o campo de ovelhas do Uruguai, passando por uma ovelha negra que insistiu em começar esta importante e substancial cadeia de produção da industria têxtil mundial, até a peça final, que enfeita e aquece as clientes mais exigentes. Conheça a trama da Doisélles.

"Meu nome, Raquell, é bíblico e quer dizer ovelha em hebraico; é curioso pensar que a história de Raquell, a pastora de ovelhas, aparece na Bíblia no capítulo 1, versículo 29. Eu nasci justamente em 29 do mês 1."
Inverno 2012 Inverno 2012 Inverno 2012 Inverno 2012 Inverno 2012 Inverno 2012 Inverno 2012 Inverno 2012

Outras Coleções

Coleção I    Coleção II    Coleção III    Coleção IV   Coleção V    Coleção VI

Flor de Lótus

I. EMANAÇÃO

Todos nós, nesta condição humana, precisamos de um componente para florir o caminho: o sonho. Sonhar é uma forma de acreditar com magia, é ter fé. Eu sonho, acredito e tenho fé na mudança, seja ela total ou parcial, singular ou plural, pequena ou grande. Por pensar assim, ou por ter nascido sob o sol de Aquário, por observar os movimentos da natureza ou por simplesmente por rejeitar o status quo eu decidi começar esse projeto. E como tudo, antes de ser tudo era só uma pequena semente, uma idéia longínqua que ficava em pé na reunião de pensamentos que povoavam nosso universo particular. Foi assim que esse projeto nasceu sem pretensão, diante de um amigo que me encanta pela maneira com que firma virtudes e valores humanos dentro da vida política: o vereador Flávio Cheker. E se sonhar junto já é realizar, ele, como presidente da Comissão dos Direitos Humanos e eu, como empresária, unimos nossas vontades para concretizar uma parceria entre a iniciativa privada e o Estado na busca pela valorização da mão-de-obra carcerária.

II. CRIAÇÃO

O projeto foi concebido e justificado dentro da Lei de Execução Penal (LEP – Lei nº 7.210/84: art 28) que diz: "O trabalho do condenado, como dever social e condição de dignidade humana, terá finalidade educativa e produtiva". Afinal, este micro-sistema de poder e sujeição, como explica Foucault, também se submete aos elevados ditames constitucionais. E a Constituição da República é suficientemente clara quando inaugura o Título I, referente aos Princípios Fundamentais, enunciando que o Brasil constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamento a dignidade da pessoa humana, dentre outros (art. 1º, III). Além disso, este generoso e imenso continente chamado Brasil ainda estabelece em sua Lei Maior que constitui seu objetivo fundamental construir uma sociedade livre, justa e solidária (art. 3º, I).

Num primeiro contato com a direção da penitenciária, fomos encorajados a realizar alguns testes com a mão-de-obra masculina para o trabalho. Estranhei a proposta por nunca na vida ter visto um homem fazer tricô e crochê, mas eu estava ali para ver coisas que nunca vi na vida. Tivemos o contato direto com os presos para a seleção inicial. O primeiro contato deles com as agulhas seria algo que beirava o impossível, um desconforto geral entre homem e ferramenta. Mas nada é mais impressionante do que a FORÇA DE VONTADE. Nada é mais forte que o DESEJO de reverter uma condição. Nada é mais bonito do que provar que tudo é possível.

III. FORMAÇÃO

Levei comigo todas as manhãs da primeira semana de treinamento uma frase de Dostoievski, para me munir de toda a paciência e naturalidade para um mergulho dentro de uma oficina com 20 presos, 20 tesouras e 20 pares de agulhas: "um ato de confiança dá paz e serenidade". A revelação do que eles seriam capazes não demorou mais do que um dia. A rapidez com que eles aprenderam os movimentos dos pontos básicos do tricô garantiu que antes do tempo inicialmente previsto já estivessem computando a produção e remindo a pena (cada três dias trabalhados garante um dia de remissão).

IV. AÇÃO

Hoje a Doisélles tem uma unidade de produção dentro do pavilhão 1 da Penitenciária Professor Ariosvaldo De Campos Pires, onde 18 detentos condenados em regime fechado trabalham com excelência na produção de peças artesanais feitas com técnicas de tecelagem manual: tricô e crochê, que são inspecionadas por rígido controle de qualidade tipo exportação. A felicidade da parceria é legitimada pela certeza de que ambas as partes estão ganhando, crescendo e melhorando todos os aspectos que as envolve. Relembramos as lições do jurista italiano Francesco Carnelutti em sua clássica obra "As Misérias do Processo Penal":


O delinqüente até que não seja encarcerado, é uma outra coisa, a que o autor sente horror, mas quando ele é algemado, a fera se torna homem. Não se pode fazer uma nítida divisão dos homens em bons ou maus. Infelizmente a nossa curta visão não permite avistar um germe do mal naqueles que são chamados de bons, e um germe de bem, naqueles que são chamados de maus. Basta tratar o delinqüente, antes que uma fera, como um homem, para descobrir nele a vaga chamazinha de pavio fumegante, que a pena, ao invés de apagar, deveria reavivar.


E quando me interrogam se com tudo isso quero testar o meu nível de pretensão, respondo dizendo que não pretendo competir com o crime. Quero (e já estou conseguindo) mudar o dia do sujeito enquanto cumpre sua pena, enquanto paga à sociedade qualquer que seja o dano que lhe causou. O maior valor de um homem é a liberdade. Quando ela lhe é tirada por falta de merecimento, o seu maior bem passa a ser o tempo. Portanto me parece óbvio que ocupar estas mãos e mentes com trabalho digno é um caminho firme na ajuda do maior principio que inspira o cárcere: a recuperação.

Vídeos


Contato

Raquell Guimarães
raquell@doiselles.com.br

Bruna Corrêa / Financeiro
bruna@doiselles.com.br

SHOWROOM

BRASIL

Conceito Showroom

Rua Casa do Ator, 538 | Vila Olímpia - SP
11 3849 - 5318
11 3846 - 9248

EUA
San Francisco Boutique
2056 Fillmore Street
San Francisco, CA 94115
Tel +1 415 - 440 - 2100

Elizabeth Charles
639 1/2 Hudson Street
New York, New York 10014

JAPÃO
Bring Showroom
801 | Shibuya Homes | 2-1 Udagawacho | Shibuya-ku Tokyo | 1500042

Multimarcas Brasil
AUTHENTIC AVENUE FLORIANÓPOLIS/SC (47) 3367-1756
ANGELINA VAI ÀS COMPRAS SÃO PAULO/SP (11)3845 6828
ANNALU PATO DE MINAS/MG (34)3821-1729
ATMO BELO HORIZONTE/MG (31)2555-2096
BARBARA BELA BELO HORIZONTE/MG (31)3291-5575
BAZAAR FASHION CURITIBA/PR (41)3243 2605
BAZAR KUNDALINI SÃO PAULO/SP (11)3842-2541
BEACHE BOUTIQUE BALNEÁRIO CAMBORIÚ/SC (47)3363-1756
BISOU SÃO PAULO/SP (11) 3842-8057
CASA 1370 MACEIÓ/AL (82) 3231-6261
CLUB DE FRANCE VITÓRIA/ES (27) 3324-6339
CONCEITO RECIFE/PE (81)3224-3291
CRISTIANA PINHEIRO GUIMARÃES RIO DE JANEIRO/RJ (21) 9808-6136
CLÔ BELO HORIZONTE/MG (31)3281-3123
CLUBE DOMIZIO SALVADOR/BA (71)3451-9918
CARAVANA HOLIDAY RIO DE JANEIRO/RJ (21)2294- 3998
CARAVANA HOLIDAY BÚZIOS/RJ (22) 2623-2754
CON BASE CURITIBA/PR (41)3224-9466
DANNA FLORIANÓPLIS/SC (48)3322-4385
DIVA PATOS DE MINAS/MG (34) 3821-7109
DOC DOG SÃO PAULO/SP (11)3338-2333
DOM GERSON PORTO ALEGRE/RS (51)3225-8569
DONA COISA RIO DE JANEIRO (21)2249-2336
ELISA ATHENIENSE ESTANCIA VELHA (51) 3561-5955
EMPORIUM CALÇADOS ARAÇATUBA/SP (18) 3608-2602
ESPAÇO DELUXE BELO HORIZONTE/BH (31) 3292-4860
ESSENCIALE BELO HORIZONTE/MG (31)3335-6642
ETORI CALÇADOS BELO HORIZONTE/MG (31)3291-4430
EXTRATO CURITIBA/PR (41)3025-7153
FATTO A MANO SETE LAGOAS (31)3773-2700
FERNANDA CAVALCANTI CURITIBA/PR (41)3042-8087
HARMONIE BELO HORIZONTE/MG (31)9993-3575
HELENA MOTTIN SÃO PAULO/SP (11)3078-7910
ÍSSIMA PETRÓPOLIS/RJ (24) 2222-7006
JAMUR CURITIBA/PR (41) 3027-4778
KARINA OTTOBONI REGISTRO (13)3822-3490
KIKI HOFFMANN BALNEÁRIO CAMBORIÚ/SC (47)3363-6861
LILY ROSE GUARATINGUETÁ/SP (12) 3122-3145
LOJA DE INVERNO RIO DE JANEIRO/RJ (21) 7700-7229
LUA NUA SÃO JOSÉ (48)3259-7578
MARILIA PITTA COUTURE BELO HORIZONTE/MG (31)3292-4345
MARYCOTA NITERÓI/RJ (21)2715-4457
MARY CAETANO BELO HORIZONTE (31)3225-0455
MAYARA AMORIM BRASÍLIA/DF (61)3248-3442
NAMIX CURITIBA (41)3027-4778
NON SANTA BELO HORIZONTE/MG (31)3275-1639
O QUE VESTIR SÃO PAULO (11)2935-4767
PATRICIA MOTTA BELO HORIZONTE/MG (31)3291-1111
PRISCILA BERNARDES PRESIDENTE PRUDENTE/SP (18)3916-4808
SHYKA RECIFE/PE (81)3325-1035
TENDÊNCIA PIRACICABA (19)3422-9544
TERANA SÃO PAULO (11)3022-7520
THULEE NITERÓI/RJ (21)2629-3313
URBANA CURITIBA/PR (41)3224-6576
VIA LUSSO BELO HORIZONTE/MG (31)3337-4044